Saiba o que estamos preparando para o 15º Conpavepa

Por Clockwork Agência de Comunicação

 


ARTE: Sabrina Andrade/Clockwork Agência de Comunicação 

 

São Paulo - Um dos mais conceituados eventos da Medicina Veterinária do Brasil, o Congresso Paulista de Clínicos Veterinários de Pequenos Animais (CONPAVEPA) acontece nos dias 17, 18 e 19 de outubro, no Transamérica Expo Center, em São Paulo. Realizado pela Anclivepa-SP e promovido pela Glocal Eventos, o Conpavepa mais uma vez será realizado junto com as feiras VET EXPO e PET SHOP EXPO.

Desde a primeira edição, em 2001, esse especial evento só cresce. Nesta edição, segundo o presidente da Anclivepa-SP, Fernando Ibañez, o desejo da entidade é inovar em seu formato com o objetivo de oferecer um evento ainda mais interessante e completo para a classe. “A Anclivepa-SP neste evento tem um papel inovador, catalisador, e por isso sempre se preocupou em estar na vanguarda. Eu vejo que nestes 15 anos que temos de congresso, a cada ano o evento se supera, se renova. Eu não tenho dúvida que tanto as feiras, quanto o congresso serão um sucesso. Nós mudamos o local do evento, porque já não cabia no endereço anterior. E o congresso também está se adaptando às novas demandas e modalidades de transmissão de conhecimento”, comentou.

Em 2016, as feiras VET EXPO, PET SHOP EXPO e o CONPAVEPA, mobilizaram um público de cerca de 12 mil visitantes. Ao todo, o congresso para profissionais e estudantes de Medicina Veterinária promoveu 120 palestras e contou com 90 palestrantes de renome nacional e internacional.

Segundo o representante da Anclivepa-SP, Luciano Giovanini, diretor científico do congresso, estão confirmadas 84 palestras e seis mesas redondas. A programação será separada entre os quatro auditórios e também por grau de abordagem. O objetivo é promover o conteúdo com profundidade e de forma inovadora.

A divisão, segundo Giovanini fica assim:

Auditório Imersão - mergulhando no conhecimento: no qual os tópicos serão abordados em nível avançado;

Auditório Infusão - derramando conhecimento: no qual os tópicos serão  abordados em nível intermediário;

Auditório Dispersão - borrifando conhecimento: no qual os tópicos serão abordados em nível básico;

Auditório Solução – estado da arte: no qual os tópicos serão abordados no modelo de dicas e debates.

A grade de programação inclui nomes de prestígio nacionais e internacionais do segmento veterinário. Também estão sendo programados eventos simultâneos, ocorrendo pela manhã, que futuramente serão também divulgados.

Talvez a maior inovação seja, no que se refere aos congressos em pequenos animais no Brasil, a solução de separar por auditórios, pois nossa intenção foi que se reunissem experts em determinados assuntos, para os quais disponibilizamos 20 minutos para a palestra, com intuito de que haja tempo suficiente para a apresentação do que há de mais importante relativo ao assunto. Assim, cada bloco durará três horas, e será composto por cinco palestras de 20 minutos, seguida de mais 20 minutos para respostas e perguntas, num modelo de mesa redonda

explica o doutor Giovanini.

Confira a sequência dos macrotemas:

Dia 17/10/2017, das 12:30 às 15:20 – Gastrenterologia
Dia 17/10/2017, das 16:30 às 19:20 – Ortopedia clínica
Dia 18/10/2017, das 12:30 às 15:30 – Urolitíase
Dia 18/10/2017, das 16:30 às 19:20 – Geriatria
Dia 19/10/2017, das 16:30 às 19:20 – Emergência
Dia 19/10/2017, das 16:30 às 19:20 – Hiperadrenocorticismo Canino

Os macrotemas que serão palestrados envolvem:

  • Cirurgia de tecidos moles;
  • Dermatologia;
  • Emergência e intensivismo;
  • Endocrinologia;
  • Gastrenterologia;
  • Nefrologia;
  • Neurologia;
  • Odontologia;
  • Oftalmologia;
  • Ortopedia;
  • e Urologia.

Palestrantes com carreiras nos cenários nacional e internacional da Medicina Veterinária participam desta edição do 15º CONPAVEPA

Um congresso de sucesso é feito, entre outras coisas, de grandes nomes e temas relevantes para a área profissional que se destina. E é também uma grande oportunidade tanto para profissionais, quanto para estudantes. Diretor científico do 15º CONPAVEPA, o médico veterinário Luciano Giovanini explica que para este ano a aposta está justamente na configuração das salas que tornará a participação dos palestrantes convidados ainda mais fluente e eficiente. “Exatamente porque neste ano resolvemos elaborar pelo menos uma sala que abordará diferentes temas de modo mais direcionado para a rotina clínica, no modelo de dicas e soluções, e esta proposta visou ser interessante tanto os profissionais veterinários atuantes quanto os futuros profissionais veterinários. Procuramos convidar os profissionais de maior renome nas suas respectivas áreas, que na maioria das vezes são profissionais veterinários atuantes, tanto na pesquisa quanto na rotina da clínica médica de pequenos animais. E não somente aqueles que atuam no Brasil, mas também em outros países”, comentou.

Conheça alguns dos palestrantes e sai mais sobre os temas que serão por eles abordados.

Dr. João Felipe de Britto Galvão

Com um vasto currículo que soma experiências nacionais e internacionais, o professor Médico Veterinário João Felipe de Brito Galvão está entre os palestrantes do 15º Conpavepa. Veterano, essa será sua 3º participação. “Acho que o Conpavepa é um evento importante na Medicina Veterinária. O congresso aborda temas importantes para o clínico de pequenos animais focando em diversos níveis de dificuldade. Esse é um congresso que traz pessoas chaves em suas respectivas áreas. Tenho orgulho de participar.”

Galvão que mora nos Estados Unidos, vem ao Brasil em outubro para ministrar cinco palestras no Conpavepa. Os temas são: Biopsia gastrointestinal em gatos – endoscopia vs. cirurgia, onde promete apontar novos dados mostrando que a cirurgia não é necessária para a biópsia gastrointestinal em gatos com doenças intestinais difusas e destacar fatores importantes na biópsia endoscópica; sobre tratamento para estenose de esofago, ocasião em que vai tratar novo dispositivo para dilatação de estenose esofágica e a importância de destruir o tecido fibróide no sucesso do tratamento; outro tema que será ministrado pelo especialista é a importância da caliurese em cálculos de oxalato de cálcio. Segundo, Galvão nesta palestra sobre tratamentos e como diminuir a recorrência de cálculos. Outro assunto é o vômito crônico e perda de peso. Galvão promete apontar a importância e as diferenças no diagnóstico. E a quinta palestra mencionada por ele é “ Procedimentos minimamente invasivo para remoção de cálculos”. Durante a apresentação, a nova era em remoção de cálculos, com procedimentos minimamente invasivos que diminuem a recorrência devido ao sucesso na remoção e ausência de fio de sutura serão questões abordadas.

Dr. Paulo Vinícius Tertuliano Marinho

Formado pela Universidade Federal de Campina Grande, o Dr. Paulo Vinícius Tertuliano Marinho é mestre em Ciência Animal com ênfase em Neurocirurgia e doutorado em Clínica Cirúrgica. Membro do Laboratório de Ortopedia e Traumologia (LOTC-USP). Essa é a sua primeira participação no CONPAVEPA. No entanto, já esteve em no pré-evento, em 2016, ocasião na qual palestrou no AO Day (AOVET). “Pude conhecer o ambiente e toda a estrutura por trás de tudo.  O evento é conhecido no Brasil todo e apresenta-se como de grande importância para a clínica e cirurgia de pequenos animais no nosso país, uma vez que a presença de ótimos palestrantes abrilhantam e qualificam cada vez mais o congresso”, afirmou referindo-se ao CONPAVEPA.

O médico veterinário terá uma participação bastante interessante no congresso, especialmente ministrando palestras de temas que tem trabalhado muito nos últimos anos, que são a síndrome da cauda equina em cães e abordará também casos cirúrgicos complexos. “A síndrome da cauda equina em cães é uma afecção muito comum na rotina clínico cirúrgica de pequenos animais e o mais difícil nela, é saber o real significado clínico dos achados de imagem, além de conseguir diferenciar quão importante é a dor lombossacra que esses pacientes apresentam, pois muitos cães normais, cerca de 90%, apresentam dor lombossacra à palpação, sem nenhum outro comprometimento. Além disso, irei mostrar como devemos abordar cirurgicamente casos complexos com compressões foraminais, sejam elas unilaterais ou bilaterais, o que é um desafio para a grande maioria dos neurocirurgiões e ortopedistas. Em suma, serão duas palestras sobre essa afecção, uma com a abordagem clínica e diagnóstica e a segunda com a abordagem terapêutica, e os focos específicos serão voltados especialmente para as principais dúvidas e novidades referentes a doença.”

Dr. Leandro Zuccolotto Crivelenti

Autor dos livros Caso de Rotina em Medicina Veterinária de Pequenos Animais, Bulário Médico-Veterinário Cães e Gatos e do software BoolaVet, o doutor Leandro Zoccolotto Crivelenti é Médico Veterinário graduado pela Universidade Federal de Uberlância (UFU-MG). E possui mestrado e doutorado em Clínica Médica pela Universidade estadual Paulista (UNESP). Na 15ª edição do CONPAVEPA, o especialista ministra a palestra intitulada “Proteinúria renal... Como definir este diagnóstico? Muito além da RPCU". Tema de extrema relevância em decorrência da alta casuística de glomerulopatias. A palestra abordará o tema de forma que consiga atingir os clínicos, estudantes e pesquisadores/profissionais da área de nefrologia/urologia, salientando a importância do diagnóstico precoce e possíveis intervenções. “As características de dinamismo do Colégio Brasileiro de Nefrologia e Urologia Veterinária sempre abrilhantam os congressos com temas importantes para todas as estratificações da medicina veterinária; em especial o Conpavepa trará a mesma ideologia sobre as perspectivas para o futuro da nefrologia/urologia, não somente na esfera paulista, bem como nacional. Não percam esse evento!”, conclui.

Dr. Ricardo Lopes

Médico veterinário formado pela Universidade Paulista em 2003, o Dr. Ricardo Duarte Lopes é especializado em Patologia Clínica pela Universidade de São Paulo e atualmente atua como gerente do Laboratório Clínico Provet e coordenador do curso de Especialização de Patologia Clínica Veterinária da Anclivepa-SP. No CONPAVEPA já participou como ouvinte e na organização do evento, além de ministrar palestras. Nesta edição seu nome está mais uma vez entre os participantes, desta vez em uma mesa redonda falando sobre os cuidados com os pacientes geriátricos. “Acho o tema bem atual e cada vez mais presente na clínica, pois cada vez mais temos pacientes geriátricos em nossas rotinas e temos que conscientizar os clínicos e responsáveis na importância dos exames preventivos para estes pacientes, pois muitas vezes são doenças crônicas onde os sintomas só vão aparecer quando o paciente já estiver com a doença bem instalada e difícil de reverter o quadro. Quando utilizamos a prevenção podemos melhorar muito a qualidade de vida dos pacientes e aumentar muito a sua expectativa de vida, que é o que tem acontecido cada vez mais na veterinária nos últimos anos.

O especialista destaca a importância da participação de congressistas, profissionais da Medicina Veterinária, já formados ou não. “Os congressos tendem a trazer sempre novidades aos alunos e profissionais da área com palestrantes atuantes no segmento e com bastante experiência. O legal deste evento é que as salas são separadas por níveis de conhecimento onde alunos e profissionais podem escolher o que melhor se encaixa em sua rotina e experiência profissional, além deste ano ter as salas com discussão de profissionais de diferentes áreas em uma mesa redonda onde serão feitas grandes discussões com os congressistas e o palestrantes. Acredito que será um grande evento/encontro de profissionais da área com grande experiência onde alunos e profissionais vão aprender cada vez mais além da grande troca de informações e novidades para fazer uma medicina veterinária de qualidade", completa.

O 15º Conpavepa está com as inscrições abertas, para fazer a sua basta clicar aqui!

Para conferir a grade de palestras e mesas de discussão do congresso, clique aqui!